Postado na Categoria:

Conheça os 9 tipos de inteligência

Olá pessoal!

Sejam muito bem vindos ao blog Coisa Insana!

Se você está passando por aqui pela primeira vez: Bem vindo! Esperamos que se divirta!

Se já nos conhece, obrigado por estar de volta!

Enfim, não vamos enrolar mais, o post de hoje é sobre inteligências!
Mas como assim, inteligências? No plural?


É, você não é inteligente só se souber fazer aquela lição difícil da escola. Existe um conceito muito bem aceito de Múltiplas Inteligências, apesar de algumas críticas no meio científico. Howard Gardner foi o responsável por iniciar a teoria que diz que não podemos quantificar a inteligência baseados em um único indicador, e que as pessoas atingem níveis diferentes de sucesso em atividades dependendo da área de atuação.

Isso quer dizer que cada pessoa tem formas diferentes de estimular ou expressar sua inteligência, bem como formas que as fazem ter uma habilidade fora do comum, ou o famoso "dom natural" que ouvimos por ai.

O objetivo deste post é apresentar para vocês estes tipos de inteligência, explicar um pouquinho sobre elas e fazer você refletir: Qual é a sua inteligência mais desenvolvida?

Então vamos lá!

1 - Inteligência Espacial

É a capacidade de ver o mundo perfeitamente, tem ótimo conceito de perspectiva, uma memória visual muito forte e uma capacidade de espaço muito boa!

Algumas profissões onde pessoas com este tipo de inteligência se sobressaem: Artistas, Geógrafos, Cartógrafos, Arquitetos e por ai vai!




2 - Inteligência Naturalista



É a capacidade de entender o meio ambiente, como tudo funciona, saber identificar espécies de fauna e flora, compreender os fenômenos e padrões ambientais com facilidade.

Nem preciso dizer que biólogos são quem mais se encaixam neste tipo de inteligência, né?


3 - Inteligência musical

Você acha impressionante aqueles meninos de 10 anos que tocam 4, 5 instrumentos? Ou aquela menina de 12 anos que toca Beethoven numa boa? Isso é característica da inteligência musical.

É a capacidade de compor e de captar a música de uma forma muito simples. Essas pessoas sabem pegar notas num estalo de dedos, compõem e são peritas em harmonizar melodias.

Os mestres da música, compositores como o já citado Beethoven, são provas desta inteligência.


4 - Inteligência lógico-matemática

É a capacidade de pensar de forma lógica, de abstrair as coisas do mundo real, solucionar problemas e pensar de forma extremamente racional. Dedução e análise são pontos fortes.

Cientistas, Analistas de dados e outras áreas relacionadas à matemática e à abstração estão nesse time!

(Essa é a minha inteligência mais forte).



5 - Inteligência Existencial


Esta é uma inteligência que tem sido muito estudada, para ser considerada com 100% de certeza, mas consiste em ter a habilidade de pensar, refletir e ponderar sobre perguntas existenciais. Basicamente, pensa sobre o "porque de estarmos aqui".

Grandes mestres espirituais, como Dalai Lama, são pessoas onde este tipo de inteligência está apoiada, ou melhor, considerada válida.



6 - Inteligência Interpessoal



É a capacidade de conseguir entender o que outros estão sentindo, tanto sentimentos quanto desejos dos outros.


Professores, psicólogos, políticos e pessoas de grande influência costumam ter este tipo de inteligência.





7 - Inteligência Corporal ou Cinestésica

Lewis Hamilton, Neymar, Messi, Michael Jordan, Ulsain Bolt. Sabe o que estes nomes têm em comum?
Sim! A inteligência corporal (ou cinestésica).

Esta inteligencia é a capacidade de movimentar o corpo com precisão, ter amplo conhecimento dos limites e saber explorá-los ao máximo. É o tão famoso "talento" que ouvimos dos grandes esportistas.
Dançarinos também costumam ter este tipo de inteligência.



8 - Inteligência linguística


Esta inteligência é a mais comum nas escolas, é a capacidade de dominar línguas, palavras, idiomas e interpretações.


Poetas, escritores e outras pessoas que têm nas palavras e nos textos sua forma de trabalho, geralmente tem este tipo de inteligência afiada.




9 - Inteligência Intrapessoal


E por fim (mas não menos importante), é a inteligência onde o ser humano menos domina: a capacidade de ter total controle sobre você mesmo.

Esta inteligência está ligada ao controle de emoções, mas também sobre os vícios, limites, saber definir o que pensa em relação a crenças, preocupações, decisões.

É uma inteligência extremamente complexa e dificilmente se encontrar. Não é algo que se encontra em algum ramo profissional. Esta inteligência está muito mais ligada a você mesmo do que o mundo a sua volta.


Uma informação final: Quase 50% da população está dividida entre inteligências lógico-matemática e linguística (as vezes forçados pelo modelo de ensino padrão).

Voltando às críticas, uma delas é que a teoria dá a entender que "todos são inteligentes" o que nem sempre é real.
Sobre este argumento: Eu acho falho, e acredito de verdade que todos nós somos propensos a sermos inteligentes em uma das 9 áreas descritas, o problema é que algumas pessoas vivem a vida toda sem conseguir desenvolver o que ele é realmente bom. Portanto, eu acredito sim que todo ser humano é realmente inteligente.

O que podemos considerar de tudo isso também é que o modelo de ensino que temos hoje (amplamente voltado á inteligências lógico-matemática e linguística) revela muito claramente pessoas que não tem essas inteligências apuradas, o que pode fazer com que ela sinta que não sirva para a sociedade.



Isso explica também porque aquele professor do Cursinho que fez uma música tooooda legal sobre a tabela periódica faz tanto sucesso! O cara simplesmente estimulou o gatilho de uma inteligência pouco aprofundada nas escolas tradicionais...

E é isso gente! Espero que vocês tenham gostado!
Deixem nos comentários qual é, na visão de vocês, a sua inteligência mais apurada e a menos apurada! Se quiser dizer o porquê também será divertido :D

Um abraço, até a próxima!